Bacalhôa e Aliança conquistam 26 prémios nos “Melhores do Ano 2015” da Revista de Vinhos



A Bacalhôa Vinhos de Portugal e a Aliança Vinhos de Portugal conquistaram, em conjunto, 26 prémios no Jantar dos "Melhores do Ano 2015", cerimónia organizada pela Revista de Vinhos no Centro de Alto Rendimento de Anadia - Velódromo de Sangalhos, na sexta-feira passada, e que juntou mais de 1000 profissionais do sector vinícola. 
 
O grande destaque foi dado ao Bacalhôa Moscatel Roxo Superior 2002 e ao Palácio da Bacalhôa 2009, ao serem distinguidos com o Prémio de Excelência 2015, integrando assim o top 30 dos melhores vinhos do ano passado. 
 
Contudo, estes não foram os únicos prémios conquistados pela Bacalhôa Vinhos de Portugal nesta cerimónia. O Quinta da Bacalhôa Branco 2014 conquistou o prémio de Melhor de Portugal na Península de Setúbal e o Bacalhôa Moscatel de Setúbal Superior 2001 foi agraciado com o mesmo prémio na categoria Moscatel de Setúbal. 
 
O Serras de Azeitão Branco 2014, o Serras de Azeitão Tinto 2013, o Quinta da Bacalhôa Tinto 2012, o Monte das Ânforas 2013, o JP Azeitão Tinto 2014, o JP Azeitão Rosé 2014, o JP Azeitão Branco 2014, o Catarina 2014, o Bacalhôa Moscatel Roxo Superior 2002 e o Bacalhôa Moscatel de Setúbal Superior 2001 foram distinguidos com a designação Boa Compra 2015, um indicador atribuído aos vinhos que possuem a melhor relação qualidade/preço.
 
No que diz respeito aos vinhos da Aliança Vinhos de Portugal, a maior distinção foi atribuída ao Espumante Aliança Vintage Bruto 2010, que conquistou o prémio de Melhor de Portugal na categoria de Espumantes, além da designação de Boa Compra 2015. 
 
Por sua vez, o Espumante Aliança Reserva Tinto Bruto, o Espumante Aliança Baga Bairrada Reserva Bruto 2013, o Terra Boa 2013, o Quinta da Garrida Tinto 2012, o Quinta da Garrida Reserva Tinto 2012, o Foral 2014, o Casal Mendes Vinho Verde, o Aliança Bairrada Reserva tinto 2012, o Alabastro Tinto 2014 e o Alabastro Branco 2014 receberam a distinção Boa Compra 2015.